ROI – Retorno Sobre Investimento

ROI - Retorno sobre investimento

Mensurar o ROI está na sua lista de tarefas?

Fui motivado à escrever este artigo, principalmente, porque há meses venho pesquisando sobre métricas de medição de retorno sobre investimentos (ROI) e fico impressionado com a dificuldade em encontrar informações práticas sobre esta ferramenta.

Esta escassez de informações está atrelada à dificuldade na utilização do ROI, pois, algumas das variáveis envolvidas no cálculo são intangíveis. Segundo dados levantados através da pesquisa Marketing Visão 360°, mais da metade das empresas (62%) não conseguem implementar métricas de ROI em suas ações de Marketing” e 62% dos entrevistados acham a utilização do método difícil ou muito difícil.

 

Entretanto, nenhuma ferramenta é tão eficaz quanto o ROI (se feito corretamente) quando o assunto é cálculo de retorno. Por esta razão, como empreendedores ou profissionais da área de marketing e finanças temos a obrigação de dominá-la.

Diferente do Payback (que calcula apenas quando o investimento inicial retorna), o ROI (do inglês, return on investment) é um índice que aponta o retorno sobre qualquer investimento. Seja uma campanha de marketing, evento ou ampliação da estrutura física de uma empresa.

Existem diversos métodos para calcular o ROI de determinada ação. Alguns complexos e com diversas variáveis intangíveis como o Market Share, o Top of Mind e o Share of Voice. Mas tomando como referência um artigo de Mauro Negrão que concordo em número, gênero e grau:

“Do ponto de vista do acionista, o dono do dinheiro, o que interessa mesmo é saber quanto ele ganhará em vendas para cobrir o investimento feito em marketing. Quantas unidades de produtos ou entregas de serviços precisam ser vendidas para empatar com o investimento?”

Ou seja, ROI é o valor de vendas dividido pelo custo da campanha.

Por exemplo, uma campanha que custou R$ 500 mil e gerou uma venda adicional de R$ 4,5 milhões significa que alcançou um ROI de 9 vezes o investimento (ROI = 9).

A vantagem desta fórmula está na solidez do resultado. A desvantagem está no fato de variáveis como fortalecimento da marca e outros fatores intangíveis ficarem de fora. E esta é a justificativa dos estudiosos de marketing criarem métodos exóticos como os citados acima.

Como sou adepto do minimalismo, em que “menos é mais”, e defendo o argumento de Mauro Negrão, o que realmente importa é o dinheiro que entra na empresa. Especular sobre valores intangíveis presentes apenas em um capital de giro fictício é válido somente para mensurar o valor de ações de uma empresa S.A.

Concluindo, ROI é uma ferramenta essencial no planejamento, monitoramento e avaliação de qualquer investimento feito pela empresa. Mas deve ser utilizado com sabedoria e visão estratégica para não nos perdemos em variáveis e métodos que fogem aos verdadeiros objetivos da empresa.

Termino o ortigo citando mais um trecho do artigo escrito por Mauro Negrão:

“Nesse sentido, o dono do dinheiro se sentirá bem mais seguro se puder aferir os resultados na ponta do lápis no lugar de jogar dinheiro fora como confete e serpentina.”

Referências:
ROI (Wikipedia)
Quem tem medo do ROI?(Mundo do Marketing)
ROI: ainda muita desinformação (Mundo do Marketing)
Pesquisa Retorno Sobre Investimento (TNS RI e Mundo do Marketing)

Como tripliquei minha produtividade utilizando um quadro branco

Melhores práticas para produtividade

Tarefas simples (simple) e factíveis (doable)

Produtividade. Uma dos maiores entraves de todo empreendedor que não têm cobranças externas e horários para cumprir. Horário flexível e falta de um “chefe” são facas de 2 gumes. Trazem satisfação, mas podam a produtividade.

Na minha busca por armas para vencer essa batalha, experimentei inúmeras técnicas. Desde Gestão de Projetos ao estilo PMI (Project Management Institute) ao Pomodoro.

Comecei com as ferramentas complexas. No início temos essa visão deturpada de que quando mais difícil de entender, melhor a ferramenta deve ser. Desenvolvi planilhas complexas para acompanhar e analisar os projetos da Evolua Comunicação. Na teoria estava perfeita, mas na prática não funcionou. A equipe não aderiu. A cultura da empresa seguia em direção oposta à burocratização dos processos.

Meus ambientes de trabalho, desde a Eixo Z Produções (atual Cerberus Digital) sempre presaram pelo fomento da criatividade.

Criatividade e ferramentas de getão “densas”, simplesmente não combinam. As mudanças ocorrem rápido demais e você passa a maior parte do tempo atualizando sua ferramenta do que trabalhando efetivamente.

Portanto, comecei a simplificar cada vez mais minhas ferramentas de gestão de projetos. Terminei em uma que parecia um Post-it em formato de planilha, utilizando o Google Docs. Tanto que nomeei o documento como Post-it Evolua!

Com a necessidade de compatibilidade com outros dispositivos, migramos para o Asana e em seguida voltamos para o para o Post-it Evolua. Que é o que melhor funciona atualmente.

Depois dessa longa jornada pelas ferramentas de gestão de projetos/tempo, iniciei minha “carreira solo” e busquei novas alternativas. Como agora não é mais necessário gerenciar tarefas de terceiros, posso utilizar a ferramenta que melhor se adequar ao meu estilo, sem me preocupar se a equipe irá aderir ou não.

Comecei por uma ferramenta que eu mesmo criei, baseada no Post-it Evolua. Funcionou no início, mas eu tinha dificuldade em gerir as tarefas pelo smartphone. Neste momento me deparei com Todoist. Excelente ferramenta. Funciona em qualquer dispositivo, on-line ou off-line.

Entretanto, mais uma vez não funcionou. Eu simplesmente não me lembrava de conferir regularmente as tarefas. Começava uma e emendava em outra. Essa outra eu não era adicionava no aplicativo. As tarefas que já deveriam estar concluídas atrasavam e estava feita a bagunça.

A ferramenta era simples e prática. Mas faltava algo. Sempre tive em mente que o importante não é a ferramenta  em si, mas o que faz com que ela funcione. Pesquisando sobre gestão do tempo, nada  fez mais sentido para mim do que o comprometimento.

Ponderei sobre o assunto e procurei por algo que unisse simplicidade e comprometimento publico. A escolha foi óbvia. Pendurei minhas tarefas na parede. Literalmente.

Comprei um quadro branco. As linhas eram projetos e as colunas, os dias da semana. Riscava as tarefas concluídas e se pulei algumas ou deixei muitos espaços em branco, quem visualizasse o quadro saberia que eu estou protelando o trabalho.

Para adicionar uma motivação extra, na última linha coloquei as recompensas por cumprir com todas as tarefas do dia. Coisas simples como jogar vídeo game ou sair com os amigos. Se não cumprir tudo, não tem recompensa. Isso funcionou espetacularmente bem para mim. Eu me sento mal quando não consigo a recompensa. E isso serve de lição para o próximo dia.

Além do quadro, comecei a contar todos meus passos aos meus amigos empreendedores. Eles também ajudam com a cobrança. No final das contas, tripliquei minha produtividade com esses preceitos básicos: comprometimento público, simplicidade e amizade.

Evolua Comunicação ganha prêmio de Destaque do Ano em 2012

Bruno Novaes - Sócio Diretor da Evolua Comunicação Ganha Prêmio

 

Bruno Novaes ganha prêmio de destaque 2012

 

A ALTERNATIVA IDEAL PARA QUALQUER NEGÓCIO

No mercado há 3 anos, Evolua Comunicação Inteligente oferece assessoria para empresas de todos os segmentos.
REVISTA IMPACTTO | EDIÇÃO DESTAQUES DO ANO

O mundo está em constante transformação e o ser humano evolui de acordo com as mudanças do meio que o cerca e das relações instituídas. Para que essas relações sejam firmadas, é necessário estabelecer uma boa comunicação. Por meio dela constroem-se laços e firmam–se parcerias. Dentro desse conceito as empresas buscama comunicação como meio de divulgação, fixação de sua
marca e disseminação do seu trabalho.

Em Lagoa Santa, as empresas têm em quem confiar para desenvolver um trabalho que atenda essas premissas com qualidade e eficácia. A Evolua está há 3 anos provendo soluções inteligentes em comunicação impressa e digital, além de desenvolver um trabalho de consultoria de marketing estratégico que norteia as ações seguindo o diagnóstico, planejamento, execução e análise dos resultados. À frente da empresa estão Bruno Novaes, Wandick Senna e Bruno Mesquita. Três jovens profissionais da comunicação que, juntos, possuem grande experiência somando 25 anos de atuação na área.

O interesse da Evolua é desenvolver soluções inteligentes em comunicação de acordo com as reais necessidades do cliente, garantindo o máximo de retorno sobre o investimento em cada ação publicitária. Por esse motivo, seu trabalho é diferenciado, pautado no resultado esperado pelo cliente. A empresa não vende um produto pré-fabricado, mas se preocupa em entender quais são as premências do cliente, para que o trabalho desenvolvido alcance as metas desejadas. O ano de 2012 foi tão produtivo para a Evolua, que foi necessário a contratação de novos funcionários e o desenvolvimento de novas parcerias para atender as demandas, além da entrada de um novo sócio, responsável pelo setor comercial e de marketing. Apesar disso, Bruno Novaes afirma que
“a preocupação maior da Evolua é a qualidade dos serviços prestados. Precisamos sempre medir nossa capacidade de atendimento para que o crescimento seja sustentável.”

O ano de 2013 começou bem para empresa, que vivencia o fechamento de um contrato com um grupo de oito empresas, no qual será responsável por toda a comunicação, campanhas, assessoria de imprensa e branding (ato de administrar a imagem/marca de uma empresa) do grupo. A intenção é crescer, aumentando a cartela de clientes, mantendo a qualidade dos serviços prestados. “A Evolua pretende aumentar sua força tarefa, fortalecer parcerias, aperfeiçoar e se especializar cada vez mais, visando sempre resultados além das expectativas para nossos clientes.” conclui Bruno Novaes.